A Rainha coroada do 28º Arraiá da Capital é representante da Matutos da Noite

A Rainha coroada do 28º Arraiá da Capital é representante da Matutos da Noite

 Da Redação e Ascom Prefeitura de Palmas

 

Representante da junina Matutos da Noite é coroada Rainha do 28º Arraiá da 

Com o tema Azul da Liberdade, chamando a atenção para a preservação da fauna brasileira, em especial da Ararinha-Azul, Waldenicy Souza, representante da junina Matutos da Noite levou o título de Rainha do 28º Arraiá da Capital e o prêmio de R$ 5 mil. A pontuação alcançada por ela foi de 400,00. O segundo lugar ficou com Gleisyane Costa, da Luar de Santo Antônio, com 399,60 pontos; e em terceiro, Thayná Balduino, da junina Arrasta Pé do Liberdade, que conquistou 399,00. A disputa ocorreu na noite de quarta-feira, 25, primeiro dia do Arraiá da Capital Online.

Em um formato novo, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o tradicional evento realizado pela Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Cultural, precisou ser adiado de junho para novembro, passando a ser transmitido ao vivo da Grande Praça do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho para o Youtube e Facebook da Prefeitura de Palmas. A direção geral da live ficou por conta Nival Correia.

O presidente da Fundação Cultural de Palmas (FCP), Giovanni Assis, lembrou que a Prefeitura de Palmas não mediu esforços para realizar esse importante evento, mesmo com toda a limitação imposta pela pandemia. “Não poderíamos deixar a comunidade junina desassistida. O movimento gera emprego e renda para muitas famílias palmenses. Mesmo com o formato online, esperamos uma grande participação popular pelas redes sociais”, destacou.

Conscientização e cultura

Quinze rainhas entraram na disputa pelo título de soberana da festa, sendo avaliadas pelo time de jurados pela desenvoltura na dança, figurino, coreografia e repertório musical, tudo isso em uma apresentação de até cinco minutos.

A vencedora esbanjou talento em um figurino azul, cheio de plumas e beleza, assim como a Ararinha-Azul, ave brasileira considerada uma das mais raras do mundo. A espécie está extinta na natureza desde 2000, sendo encontrada apenas em cativeiro. Em março deste ano, 50 aves chegaram ao Brasil repatriadas da Alemanha, para posterior soltura na natureza.

“O sentimento é de gratidão a todos que tornaram isso possível. Trabalhamos duro durante todo o ano por uma noite, esta noite. Longos ensaios, escolha do tema, produção do figurino e um esforço em grupo para tornar um sonho, realidade”, declarou Waldenicy.

A segunda colocada representou a deusa hindu Kali, considerada pelo hinduísmo a Mãe Natureza. O figurino trouxe as cores azul e prateada, simbolizando a divindade de Kali. A coreografia contou com elementos da dança indiana, ao trabalhar com os pés e movimentos lineares e geométricos.

Thayná Balduino, terceira colocada, incendiou a festa pela junina ao representar a deusa grega do fogo, Hestia. O figurino amarelo e vermelho buscou reproduzir toda a força da deusa, além de remeter a tradicional fogueira de São João.

Também entraram na disputa Dhenielly Almeida (Já Vim Já Vou); Raila Caroline (Explosão Amor Caipira); Elane Ferreira (Coração Caipira); Shirley Kaira (São João das Palmas); Bruna Martinovski (Luma Gomes); Edilane Souza (Fogo na Cumbuca); Jaqueline Andrade (Cafundó do Brejo); Jordânia Soares (Fulô de Mandacaru); Lowrena Kawany (Encanto Luar); Ray Paiva (Coronéis da Sucupira); Keyla Barros (Pizada da Butina) e Ysmir Ribeiro (Estrela do Sertão).

Cinco dias de festa

A programação desta quinta-feira, 26, a partir das 19 horas, contará com o Concurso do Casal do Cangaço e apresentação das bandas Pedra de fogo e Forró do H. Na sexta, 27, será a vez do Concurso do Casal de Reis; no sábado, 28, o Concurso do Casal de Noivos; e para fechar o Arraiá da Capital Online, será divulgado no domingo, dia 29, o resultado da Melhor Quadrilha Junina entre as categorias Grupo Especial, Acesso e Comunidade, com show de Theo Santana.

 


Imprimir