Image
Arnaldo Bahia lança livro de poesias nesta quinta, 31 no centro de Convenções Vicenyão em Porto Nacional

Arnaldo Bahia lança livro de poesias nesta quinta, 31 no centro de Convenções Vicenyão em Porto Nacional

 

 Da Redação e Assessoria de Imprensa do autor

 

O poeta, radialista, professor e produtor cultural, Arnaldo Bahia lança o livro de poesias, “TELHADO DE VIDRO, dia 31 (Quinta), ás 9:00, manhã, no Centro de Convenções Vicentão em Porto Nacional.



A obra literária tem 111  páginas, é composta de poesias da sua autoria e parceiros  como, Nilo Alves, Célio Pedreira, Éverton dos Andes, Eliseu Lira, e Paulo Sérgio Maya. O prefácio do livro é de autoria do renomado escritor Juarez Moreira Filho. Ilustrações de Pierre de Freitas (In memoriam), Núbio Brito, Costa Andrade, e Otoniel Fernandes.

O livro TELHADO DE VIDRO de Arnaldo Bahia é composto de poesias bem elaboradas que retratam a sua  adolescência aos dias atuais. “ Assim como uns amam a terra, eu amo os rios, lagos, serras e canções que tua luz encerra com profunda admiração à vida”. A data de lançamento foi escolhida por motivo do encerramento das atividades inerentes ao  cargo de Secretário da Cultura e do Turismo do município de Porto Nacional.    (Com informações da assessoria de imprensa.

 

O poeta, radialista, professor e produtor cultural, Arnaldo Bahia lança o livro de poesias, “TELHADO DE VIDRO, dia 31 (Quinta), ás 9:00, manhã, no Centro de Convenções Vicentão em Porto Nacional.



A obra literária tem 111  páginas, é composta de poesias da sua autoria e parceiros  como, Nilo Alves, Célio Pedreira, Éverton dos Andes, Eliseu Lira, e Paulo Sérgio Maya. O prefácio do livro é de autoria do renomado escritor Juarez Moreira Filho. Ilustrações de Pierre de Freitas (In memoriam), Núbio Brito, Costa Andrade, e Otoniel Fernandes.

O livro TELHADO DE VIDRO de Arnaldo Bahia é composto de poesias bem elaboradas que retratam a sua  adolescência aos dias atuais. “ Assim como uns amam a terra, eu amo os rios, lagos, serras e canções que tua luz encerra com profunda admiração à vida”. A data de lançamento foi escolhida por motivo do encerramento das atividades inerentes ao  cargo de Secretário da Cultura e do Turismo do município de Porto Nacional.   

 

BIOGRAFIA DO AUTOR

 

 

Arnaldo Bahia, formado em Letras e Comunicação Social com ênfase em publicidade e propaganda. É acadêmico em marketing,  radialista com passagem   em várias emissoras no Tocantins. Produtor cultural, sendo responsável  pela vinda  de grandes nomes  da música brasileira  em todos os gêneros  ao estado. É membro do Conselho  Nacional do Cerimonial  Público, poeta e professor. Foi chefe do Cerimonial  da prefeitura de Palmas, 2001,2002. Mestre de Cerimônias no Palácio Araguaia por 20 anos. Atualmente atualmente é Secretária da Cultura e do Turismo  em Porto Nacional. Arnaldo Bahia se considera um cidadão do mundo.

Adetuc abre novo prazo para inscrição de projetos nos editais da Lei Aldir Blanc

Adetuc abre novo prazo para inscrição de projetos nos editais da Lei Aldir Blanc

Da Redação e Informações Adetuc

 

Ao todo, são 13 editais lançados no Tocantins, sendo que 12 deles são segmentados, ou seja, por categoria. As inscrições podem ser feitas até dia 19 de dezembro

Em atendimento à recomendação da Procuradoria da República no Estado do Tocantins (MPF), a Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) abriu novo prazo para inscrições de projetos em todos os editais lançados. As inscrições foram abertas nesta terça-feira, 15, e seguem até dia 19 de dezembro. 

 

Todos os editais tiveram retificação/exclusão do item “1” da Declaração de Obrigatoriedade para pessoas físicas e jurídicas, que anteriormente pontuava a obrigatoriedade de não possuir “nenhum processo administrativo e/ou judicial contra o Estado do Tocantins”.

 

De acordo com a Adetuc, estão mantidas válidas e inalteradas as inscrições em fase de habilitação e as já habilitadas e publicadas até o momento. Porém, os resultados preliminares de todos os editais serão publicados no mesmo dia, 21 de dezembro, com publicação do resultado final mantido para o dia 28 de dezembro, após a fase de interposição e análise de recursos, conforme a legislação vigente.

 

Resultado dos editais segmentados

 

O resultado final dos habilitados e não habilitados aos 12 editais emergenciais destinados ao setor cultural já está disponível para consulta no site da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (adetuc.to.gov.br), no link da Lei Aldir Blanc. Das 412 inscrições, 345 foram habilitadas e 67 inabilitadas.

 

As listas dos projetos aptos também serão publicadas no Diário Oficial do Estado e diretamente no Mapa Cultural (mapa.cultura.to.gov.br).

 

Os editais são voltados aos segmento de Artesanato, Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Comunidade Afro Brasileira e Quilombola, Dança, Literatura, Mestre e Mestras, Música, Patrimônio Cultural Material e Imaterial, Povos Indígenas e Teatro. A premiação total é de R$ 10 milhões, com recursos federais provenientes da Lei Aldir Blanc.

 

Foto acima: Via Web

  Divulgada lista de aprovados para receber auxílio emergencial à cultura em Araguaína

Divulgada lista de aprovados para receber auxílio emergencial à cultura em Araguaína


Foram 151 aprovações e a transferência dos valores será realizada até o dia 31 de dezembro

A Prefeitura de Araguaína divulgou os nomes dos artistas e empresários que tiveram os projetos aprovados para receber o auxílio emergencial ao setor cultural. A lista está no Diário Oficial do Município do último dia 23 de dezembro. A transferência dos valores será realizada até o dia 31 deste mês.
 
Para receber e avaliar os projetos, a Secretaria Municipal da Cultura criou um cadastro on-line dos profissionais do setor cultural para atualização e substituição ao registro físico já existente, mapeando a cadeia produtiva local. Em Araguaína, foram 151 projetos aprovados.
 
“O setor cultural foi um dos mais afetados pela pandemia da covid-19 porque tivemos que parar com eventos, festas, feiras, apresentações, entre outras atividades para evitar novos contágios. Por isso criamos um cadastro novo, digital, e ajudamos artistas e empresários a elaborarem os projetos”, afirmou o secretário executivo da Cultura, Wilamas Ferreira.
 
Emergência nacional
O auxílio é realizado por meio da Lei Aldir Blanc, do Governo Federal, que enviou R$ 1.241.596,43 para apoia artistas e empresa por meio de seus projetos e ações, e também dar manutenção de espaços como escolas de música, teatro, circos, feiras de arte e talento, livrarias, estúdios e outros.
 
De acordo com o secretário executivo pode haver prorrogação do prazo pelo Governo Federal. “Estamos esperando a decisão porque, não só aqui, mas em várias cidades brasileiras nem todo recurso foi usado”, relatou.
 
Cada edital homenageou um araguainense destaque na atividade para qual o recurso foi dedicado, como Francisco Concesso, Carlos Capoeira, Paulo Trindade, entre outros.

Fundação Cultural de Palmas seleciona 46 projetos para premiação de Reconhecimento e Fomento à Arte e a Cultura via Lei Aldir Blanc

Fundação Cultural de Palmas seleciona 46 projetos para premiação de Reconhecimento e Fomento à Arte e a Cultura via Lei Aldir Blanc

 

Da Redação e Ascom Fundação Cultural de Palmas

 

Edital que objetiva diminuir as perdas em decorrência do estado de calamidade pública em razão da pandemia por Covid-19

 

A etapa final do edital 018/2020 para premiação de Reconhecimento e Fomento à Arte e a Cultura, promovido pela Fundação Cultural de Palmas (FCP), teve resultado divulgado no Diário Oficial, desta segunda-feira, 14. Serão premiadas 46 iniciativas artísticas da Capital, por meio de recursos da Lei Aldir Blanc.

O edital disponibilizou R$ 630.369,60, via Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, para premiação de projetos que fomentem a cadeia produtiva cultural em Palmas, nos eixos: ‘Prêmio de Reconhecimento Artístico e Cultural’ e ‘Prêmio de Fomento à Cadeia Produtiva da Arte e da Cultura’. O objetivo é diminuir as perdas em decorrência do estado de calamidade pública em razão da pandemia por Covid-19.

No eixo ‘Prêmio de Reconhecimento Artístico e Cultural’ foram selecionadas 14 iniciativas de projetos culturais de notoriedade e reconhecimento artístico-cultural. Já no eixo ‘Prêmio de Fomento à Cadeia Produtiva da Arte e da Cultura’ foram escolhidos 46 projetos com conteúdo artístico e cultural diversos, que possam ser transmitidos preferencialmente pela internet, por meio de redes sociais, ou outras plataformas digitais, e de forma presencial obedecendo aos protocolos de proteção e prevenção ao novo coronavírus.

Para o presidente da FCP, Giovanni Assis, a divulgação do resultado é a conclusão de um trabalho sério e comprometido de toda uma equipe da Fundação, que desde o início da pandemia por Covid-19 buscou os mecanismos possíveis para auxiliar o setor cultural, um dos mais impactados nesse período. “A Fundação Cultural de Palmas não mediu esforços para auxiliar os artistas e todos os trabalhadores do setor cultural nesse período de pandemia. Além do nosso edital Palmas Curte Arte em Casa e outras iniciativas, tão logo a Lei Aldir Blanc foi regulamentada, a FCP trabalhou para cumprir todas as normas e disponibilizar essa nova possibilidade de recursos aos artistas, resultando na apresentação de excelentes projetos, que sem dúvida vão movimentar o setor cultural na cidade”, ressaltou.

Documentação

Os proponentes que tiveram suas iniciativas selecionadas terão o prazo de sete dias úteis, contados a partir da data de publicação da homologação desta Portaria no Diário Oficial do Município de Palmas, para a entrega dos documentos complementares.

A previsão é de que o pagamento das premiações seja realizado até 30 de dezembro.

Confira a lista de selecionados no Diário Oficial Nº 2635 de 14/12.  
Adetuc  publica novas listas de habilitados e inabilitados aos editais Aldir Blanc

Adetuc publica novas listas de habilitados e inabilitados aos editais Aldir Blanc

Da Redação e Ascom Adetuc

 

 

Prazo para interposição de recursos ao resultado preliminar estará aberto nesta terça, 22.

  

 

O Governo do Tocantins, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (adetuc.to.gov.br), divulga nesta segunda, 21, o resultado preliminar dos habilitados e não habilitados da segunda chamada dos editais de número 03, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21 e 22, que passaram por correção dos anexos das declarações.

As listas estão disponíveis no site adetuc.to.gov.br, no link “Informações sobre a Lei Aldir Blanc”, e também serão publicadas no Diário Oficial do Estado e diretamente no Mapa Cultural (mapa.cultura.to.gov.br).

O prazo para interposição de recursos ao resultado preliminar estará aberto nesta terça, 22, diretamente no Mapa Cultural. A análise dos recursos, homologação e publicação do resultado final ocorrerão na quarta, 23. Informações pelo telefone (63) 3218-1370 ou whatsapp (63) 99294-6010.

Os projetos aprovados terão recursos destinados via Lei Aldir Blanc, que dispõe sobre ações emergenciais voltadas ao setor cultural durante o estado de calamidade pública provocado pela pandemia da Covid-19.

O edital nº 03 visa a distribuição de R$ 7,5 milhões, entre as áreas de Cultura Tradicional, Popular e Urbana, Música, Artes Cênicas, Artes Visuais, Literatura, Audiovisual e Áreas Técnicas.

Os demais editais são segmentados, para as áreas de Artesanato, Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Comunidade Afro Brasileira e Quilombola, Dança, Literatura, Mestre e Mestras, Música, Patrimônio Cultural Material e Imaterial, Povos Indígenas e Teatro. A premiação total é de R$ 10 milhões.

 

 

 

Resultado preliminar publicado após análise

 

Foto: Ascom Adetuc/Governo do Tocantins

Coral Municipal de Palmas apresenta nesta segunda, 14, homenagem a Moraes Moreira

Coral Municipal de Palmas apresenta nesta segunda, 14, homenagem a Moraes Moreira

 
 
Da Redação e  Ascom Fundação Cultural de Palmas
 
 

O vídeo foi gravado nos encontros e ensaios virtuais realizados nesse período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19)

 

Com a música ‘Somewhere in My Memory’ de John Williams, o Coral Municipal de Palmas, sob a regência da maestrina Renate Stephanes, lança nesta segunda-feira, 14, às 19 horas, seu primeiro vídeo de Natal, gravado à distância, em razão da pandemia por Covid-19. A música, que pode ser considerada um clássico de Natal, faz parte da  trilha sonora do famoso filme ‘Esqueceram de Mim’ (Home Alone). O vídeo estará disponível no canal do Coral no YouTube.

A Maestrina informa que participam do vídeo, além dos cantores do Municipal, ex-coralistas de outros coros que já regeu, do Coral da Petrobras da Refinaria de Paulínia, do Coral Campinas (Coca) e da disciplina de Canto Coral da Universidade Federal de Alagoas. “Um reencontro emocionante, uma oportunidade única que só pode ser realizada por causa dos ensaios online”, afirmou a maestrina ao se referir aos encontros online realizados nesse período de pandemia.

Também há a participação especial de dois instrumentistas, Chiquinho Costa de Campinas (SP) e Thiago Oliveira, professor da Fundação Cultural de Palmas (FCP), que no momento se encontra em licença, morando no Estado de São Paulo.

Ainda para o Natal, o Coral Municipal de Palmas prepara um segundo vídeo que conta com a participação especial do cantor Dorivã.

Ficha Técnica

Regência: Arranjo e Direção Musical : Maestrina Renate Stephanes;

Preparadora Vocal: Helena Zica;

Percussão: Pedro Enus;

Guitarra: Pedro Sheid;

Mixagem e Masterização: Marcos Aba;

Mixagem e Edição de Vídeo: Felipe Stephanes Gondim

Sopranos

Anne Oliveira, Graça Lima, Helena Zica, Iranini Ramos, Leila Pessoa, Orfila Leite, Renate Stephanes Soboll, Rosicler Ribeiro, Sarah Gregório Ercolin e Weliane Monteiro.

Contraltos

Ana Cláudia, Catarina Lopes, Cristina Perico, Denise Soboll e Deusa Kannaã, Domi Lucena, Juliana Maia, Mônica Dumoulin, Nárriman Carvalh, Simone Soboll, Simoni Costa e Tárcio Warlen.

Tenores

Fernando Peres, Márcio Braga e Rodolfo Ávila

 

Baixos

 

George Nobilis, José Pedro e Pedro Scheid

 

Concurso ‘Declamadores de Poesia’ chega a sua XIX edição em formato inédito

Concurso ‘Declamadores de Poesia’ chega a sua XIX edição em formato inédito

 

 

Da Redação e Ascom Prefeitura de Palmas

 

Concurso de Declamadores da ETI Daniel Batista foi transmitido nesta sexta-feira, 18, pelo Youtube do Palmas Home School e pelo canal 5.2

 

Na última sexta-feira, 18, aconteceu a XIX edição do concurso ‘Declamadores de Poesia’, da Escola de Tempo Integral Daniel Batista. Por conta da pandemia, a edição desse ano teve que ser reinventada em um formato inédito, sendo transmitida pelo canal 5.2 e pelo YouTube do Palmas Home School.

 

O projeto, que nasceu há 19 anos, foi idealizado pela bibliotecária da unidade, Mariluce Abreu, e hoje já cresceu tanto que começou a ser realizado fora da escola, levando até um prêmio internacional no ano de 2017.

 

O diretor da ETI, Luciano Coelho explica que encontraram dificuldades para realizar o projeto nesse ano, devido à pandemia. “O projeto foi ameaçado não realizar, mas lancei o desafio para equipe e todos toparam, encararam as dificuldades em fazer ele acontecer de modo virtual ou melhor numa roupagem de um programa de TV”.

 

Ele conta que foi um desafio para todos os alunos, que abraçaram o desafio com o apoio das famílias e da equipe da unidade. “Foram três meses em que os alunos estudaram sobre poesia e o poeta homenageado, o Zeca Tocantins. Fizemos as gravações individuais com cada aluno, respeitando todas as normas sanitárias. Eu mesmo editei os vídeos, e o apoio da Semed para que fosse transmitido no canal 5.2 foi fundamental. Muitas famílias de alunos pararam para assistir ontem, foi uma experiência fantástica.”

 

Além do poeta homenageado Zeca Tocantins, o evento teve a participação especial do cantor Dorivã e do ator Marciel Asevedo. Em cada edição do evento, a escola presta uma homenagem a um escritor tocantinense e outro a nível nacional. Os escritores costumam participar de uma roda de conversa com os alunos, mas esse ano não foi possível ter esse momento.
Segundo dia do projeto Identidade Brasilis tem exposição do fotógrafo Emerson Silva

Segundo dia do projeto Identidade Brasilis tem exposição do fotógrafo Emerson Silva

 

 Da Redação e Ascom Sesc

 

No dia 15 de dezembro, às 16h, o projeto Identidades Brasilis apresenta a exposição virtual fotográfica “Os negos da Lagoa: Um Recorte da Resistência Quilombola no Tocantins”, de Emerson Silva. O fotógrafo irá participar de um bate papo para falar sobre o trabalho. Já às 19h será exibido o filme “A Sússia” de Lucrecia Dias (Arraias – TO). Após a exibição vai rolar um bate papo sobre o processo criativo com a participação da diretora do filme. A programação do projeto Identidades Brasilis acontecerá na página oficial do Sesc Tocantins no Youtube www.youtube.com/sescto. Informações pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (63) 3212-9954.
 
Os Nego da Lagoa: Um Recorte da Resistência Quilombola no Tocantins
A exposição “Os Nego da Lagoa: Um Recorte da Resistência Quilombola no Tocantins”, do fotógrafo Emerson Silva, retrata através de detalhes, nuances, sombra e luz, o cotidiano contemporâneo do povo que hoje habita a Lagoa da Pedra - Quilombo da Lagoa da Pedra. O povoado surgiu em 1854, com a conquista da liberdade outrora perdida, na fuga do labor escravo das minas de ouro do povoado de Nossa Senhora dos Remédios de Arraias, hoje município de Arraias, a 412 km de Palmas, Capital do Estado, região sudeste do Tocantins, onde encontraram seu refúgio, semeando suas vidas nas serras do cerrado brasileiro, criando seus descendentes, resistindo, dando origem ao Quilombo da Lagoa da Pedra. A exposição vai estar disponível no endereço:
www.sescto.com.br/cultura/exposicoes
 
Emerson Silva
Nascido em São Paulo – SP, em 1975, residente em Palmas, Tocantins, desde 1995, em 2004, Emerson Silva, ingressou no curso de Comunicação Social/Jornalismo da Universidade Federal do Tocantins - UFT em 2002 e Fotografia do Centro de Ensino Universitário Luterano de Palmas - Ceulp/Ulbra. Logo depois passou a trabalhar na assessoria de comunicação da então, Fundação Cultural do Estado do Tocantins, onde teve a oportunidade de conhecer a fundo as manifestações culturais regionais, materiais e imateriais, e seus personagens – comunidades rurais negras, indígenas de várias etnias, mergulhando na fotografia documental e fotojornalismo. Também trabalhou como repórter fotográfico dos jornais, Stylo, Jornal do Tocantins, e na Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa. Emerson trabalha com paixão a cultura popular e a comunidades tradicionais onde se dedica a documentação fotográfica há mais de 20 anos.
 
A Sússia
Ao som de caixas, pandeiros e bumbos, mulheres e homens de todas as idades cantam, tocam, batem palmas, dançam, recriam as tradições e recontam sua própria história na Comunidade Quilombola Lagoa da Pedra. O filme tem a duração de 17 minutos e a classificação é livre.
 
Identidades Brasilis
O Projeto Sesc Identidades Brasilis se constitui sob a égide de uma ação afirmativa e formativa por meio da produção artístico-cultural de pessoas negras e indígenas e pessoas não negras e não indígenas. Tem seu propósito centrado na produção de ações, com foco na mediação de saberes e conhecimentos desses dois grupos étnicos. Partindo  da compreensão de que o Brasil foi forjado na interação entre diversas culturas, e, ao  mesmo tempo, a partir da construção de uma narrativa oficial totalizante e  homogeneizadora, bases estruturantes de uma sociedade racista e desigual, esse projeto busca, em termos de representatividade e proporcionalidade discutir e refletir sobre questões urgentes e emergentes acerca do que a contemporaneidade nos convida  ao debate. Esse exercício se dará por meio de ações midiatizadas com ênfase na  discussão identitária e das questões étnico raciais, a partir das práticas e das produções  artístico-culturais que venham a contribuir para o desenvolvimento do ser humano,  visando a melhor compreensão de si mesmo e do mundo, mediado pelas  intencionalidades que norteiam as ações educativo-socais do Sesc, por meio da Cultura  que é um direito social e logo, inerente à condição humana, e seu exercício pode garantir às pessoas, enquanto sujeitos e individuais e coletivos: dignidade, liberdade, igualdade,  solidariedade e participação social. 
 
Sobre o Sesc
O Serviço Social do Comércio (Sesc) é uma entidade privada sem fins lucrativos administrada pela Fecomércio Tocantins, que é ligada a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Por meio do acesso à cultura, educação, saúde, esporte, lazer e assistência, são oferecidos serviços e ações que melhoram a qualidade de vida dos brasileiros através de suas mais de 580 unidades por todo o país.

 

Crédito Foto acima: Tharson Lopes
 

 

Conheça os vencedores do V Festival de Cinema Estudantil Você na Tela de 2020

Conheça os vencedores do V Festival de Cinema Estudantil Você na Tela de 2020

 

Da Redação e  Ascom Prefeitura de Palmas
 
 

Trio Graciosa e o músico Pietro De Marque interpretaram canções de clássicos do cinema mundial durante cerimônia de premiação

 

Tendo a Grande Praça do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho como palco, a cerimônia de premiação do V Festival de Cinema Estudantil Você na Tela levou emoção ao público, que pôde acompanhar o resultado do Festival em transmissão ao vivo pelo Canal Você na Tela no Youtube, nessa quarta-feira, 16. O evento, apresentado por Markinhos Rocha e Iva de Oliveira, contou com a participação do Trio Graciosa e Pietro de Marque, que interpretaram canções de clássicos do cinema mundial. 

 

Se o Você na Tela celebra a produção audiovisual, foi por meio das telas de celular, computador ou TV que o público assistiu aos filmes e à premiação, que teve como grande vencedor na categoria Júri da Crítica o filme ‘Fome’, de Felipe Fré’, da 02 copos Produções (SP).  Já o Júri Popular escolheu como favorito ‘Querida!’, de Geovane Camargo, da Universidade Federal do Maranhão.  O curta recebeu 1.432 curtidas e na categoria Jovem Realizador, ‘Eu Sou A Arte’, de Ícaro Railan, da Escola Municipal Beatriz Rodrigues, garantiu quatro prêmios. 

 

Vencedor da categoria Jovem Realizador, Ícaro Railan acompanhou toda a cerimônia de casa e afirmou ter se emocionado com o resultado. “Agradeço a todos que me ajudaram na realização desse filme. É uma conquista enorme. Para quem saiu chorando do primeiro Festival por não ter ganhado nada, conquistar três troféus só me diz que tudo tem seu tempo e isso me motiva a continuar”, disse. 

 

O cineasta Geovane Camargo, vencedor da categoria Júri Popular, elogiou a organização do evento pelo apoio dado a todos os participantes. “O Festival estava lindo demais e a cerimônia de encerramento foi tão majestosa e isso eu não poderia deixar de destacar. Eu sei que muitas pessoas se uniram com o mesmo intuito e se esforçaram ao máximo para que o evento fosse possível. Só tenho a agradecer por terem me proporcionado esse momento”, disse. 

 

Adaptada para o formato online, mas sem perder o glamour das grandes premiações de cinema, a premiação do Você na Tela teve participações especiais do cantor infantil Pietro De Marque que interpretou as canções ‘Sentimentos são’ (A Bela e a Fera), de Alan Menken; ‘No meu coração você vai sempre estar’ (Tarzan), de Phil Collins, e ainda as canções ‘A Vida é uma festa’ e ‘Lembre-se de mim’, de Kristen Anderson-Lopez Robert Lopez. 

 

Outro momento musical emocionante ficou por conta do Trio Graciosa, com a execução de uma das trilhas do compositor John Williams, do filme ‘E.T - O Extraterrestre’ e da canção ‘Circle of Life’ (Rei Leão), de Elton John. 

 

Homenagens 

 

Este ano o Você na Tela homenageou o cineasta Hélio Brito, com o troféu Você na Tela dirigido à personalidade do cinema tocantinense, e o Jornalista Hermes Leal, com o troféu Tião Pinheiro, entregue a profissionais do jornalismo e comunicação do Estado. 

 

“Em um ano atípico de vidas perdidas, sonhos frustrados e de reflexão para entender que novos sonhos virão, construímos esta edição do Você na Tela. O próprio Festival veio crescendo ano a ano como um sonho construído em conjunto. É assim que esperamos formar pequenos e jovens cineastas, felizes e cheios de sonhos”, disse o presidente da FCP, Giovanni Assis. 

 

O Festival 

 

Realizado há cinco anos pela Fundação Cultural de Palmas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, o Festival de Cinema Estudantil Você na Tela tem a finalidade de promover o protagonismo infanto-juvenil e estimular a inserção de crianças, jovens estudantes e universitários no processo de criação, produção e apreciação da linguagem cinematográfica. 

 

Premiação 

 

Jovem Cineasta 

Melhor Fotografia: Isolamento, Júlia Lopes, Jovem Cineasta (TO); 

Melhor Roteiro:  O Outro lado da moeda, Arthur Gustavo Borgmann Cozzler, ETI - Padre Josimo Tavares (TO);

 

Jovem Realizador 

Melhor Direção: Eu sou a arte, Ícaro Railan, Escola Municipal Beatriz Rodrigues da Silva (TO); 

Melhor Fotografia: Eu sou a arte, Ícaro Railan, Escola Municipal Beatriz Rodrigues da Silva (TO);

Melhor Roteiro: O Outro lado da moeda, Arthur Gustavo Borgmann Cozzler, ETI - Padre Josimo Tavares (TO);

Melhor Atriz:  Aline Ribeiro Fernandes, ETI - Padre Josimo Tavares (TO); 

Melhor Ator:  Jonatas Lopes Viana em ‘O outro lado da moeda’, Arthur Gustavo Borgmann Cozzler, ETI - Padre Josimo Tavares (TO); 

Melhor Edição: Eu Sou a Arte, Ícaro Railan, Jovem Realizador, Escola Municipal Beatriz Rodrigues da Silva (TO).

 

Mostra Competitiva Universitária Cidade de Palmas 

Melhor Filme Universitário: O último cinema de rua, Marçal Vianna, Universidade Veiga de Almeida (RJ). 

 

Mostra Competitiva Brasil na Tela 

Melhor Filme: Vento viajante, Alunos do Projeto Animação Ambiental - IMA, Escolas Municipais de Icapuí (CE).

Melhor Direção: Quando todos os dias eram domingos, Lucas Chagas (SP).

 

Mostra Competitiva Internacional Você na Tela 

Melhor Filme Internacional: Vida Real, Camila Mezzetti e Ramon Faria (EUA). 

 

Prêmio do Júri da Crítica 

Melhor filme eleito pela crítica:  Fome, Felipe Fré, 2 Copos Produções (SP).

 

Júri Popular 

Querida! – Direção de Geovane Camargo Federal do Maranhão - UFMA /(MA) - Com 1.432 likes.

 

Mostra Reprises 

As cartas de Aurélia, Ademir Bandeira Silva, ETI. Luiz Nunes de Oliveira, 2019.

 
Adetuc divulga resultado preliminar de habilitados em 12 editais da Lei Aldir Blanc

Adetuc divulga resultado preliminar de habilitados em 12 editais da Lei Aldir Blanc

 

Da Redação e Ascom Adetuc

Interposição de recursos será aceita entre os dias 12 e 14 de dezembro



O Governo do Estado, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), divulgou o resultado preliminar de habilitados e não habilitados a 12  editais emergenciais destinados ao setor cultural. Cada edital é voltado a um segmento distinto: Artesanato, Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Comunidade Afro Brasileira e Quilombola, Dança, Literatura, Mestre e Mestras, Música, Patrimônio Cultural Material e Imaterial, Povos Indígenas e Teatro. As listas podem ser conferidas no site da Agência (www.adetuc.to.gov.br), no link “Informações sobre a Lei Aldir Blanc”. 

 

Os inabilitados nesta fase têm o direito de interpor recurso, no período de 12 e 14 de dezembro, exclusivamente pelo mapa.cultura.to.gov.br, onde podem ser acessados os formulários de recurso de cada segmento. Para maiores informações ou esclarecimento de dúvidas, a Adetuc disponibilizou email para cada segmento, relacionados nos editais, o telefone (63) 3218-1370 ou whatsapp (63) 99294-6010.

 

Juntos, os 12 editais preveem uma premiação total de R$ 10 milhões. Os recursos são federais, provenientes da Lei Aldir Blanc.

Image

To em Foco foi criado com a missão de fomentar a produção e a disseminação de conhecimentos relacionados com a Cultura, Turismo e Natureza, objetivando a troca de informações, a reflexão e o debate, promovendo assim o desenvolvimento social. Protagonizado pela tocantinense Núbia Dourado o portal de notícias, visa promover projetos e ações culturais, valorizando a cultura regional e costumes tradicionais, como música, culinária, danças e romarias.
Nossos contatos:   (63) 991145171  [email protected]

Desenvolvido por Barco Digital

Publish the Menu module to "offcanvas" position. Here you can publish other modules as well.
Learn More.