Projeto Raízes Gastronômicas  desenvolve ações para o fortalecimento da gastronomia como patrimônio cultural do Tocantins

Projeto Raízes Gastronômicas desenvolve ações para o fortalecimento da gastronomia como patrimônio cultural do Tocantins

 

Com o objetivo de fortalecer a gastronomia como patrimônio cultural do Estado do Tocantins, a chef de cozinha Ruth Almeida executa o projeto Raízes Gastronômicas nestes meses de fevereiro e março. O projeto trabalha a identidade da gastronomia tocantinense como propulsora do turismo em todas as regiões do Estado e foi contemplado pelo Prêmio Aldir Blanc, da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) e Governo Federal - Ministério do Turismo - Secretaria Especial de Cultura e Fundo Nacional de Cultura.

 

Serão realizadas oficinas em vídeo com receitas que focam a identidade gastronômica das regiões de Serras Gerais, Jalapão e Ilha do Bananal; uma cartilha em forma de e-book digital e revista impressa com receitas inéditas elaboradas pela Chef que destacam produtos típicos da gastronomia regional; palestras sobre gastronomia regional e patrimônio cultural nas cidades de Ponte Alta, Mateiros e São Félix; e ainda uma oficina online para estudantes de turismo sobre experiência gastronômica no roteiro turístico para fortalecer o patrimônio cultural do Tocantins.

 

Ruth Almeida considera que o Turismo, a Cultura e a Gastronomia são inseparáveis. “Quando um turista se desloca para qualquer destino, por mais breve que seja a viagem, vai ter em interesse de conhecer a gastronomia e as atrações culturais locais. O ato de se alimentar não é apenas biológico, mas é também social e cultural, possui um significado simbólico para cada sociedade e para cada cultura”, afirma.

 

A chef de cozinha destaca ainda que o Tocantins é um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil por suas belezas naturais. No entanto, a parte cultural ainda precisa ser mais valorizada, considerando que agrega valor ao produto turístico. Segundo ela, a valorização, o resgate e a proteção dos hábitos e culturas alimentares, que remetem às raízes do Tocantins, são tendências mundiais de negócios. “O mercado pede que a gastronomia traduza os valores culturais, políticos, sociais, econômicos e históricos daquela região”, complementa.

 

Cronograma

As gravações das aulas em vídeos com identidade gastronômica das regiões de Serras Gerais, Jalapão e Ilha do Bananal tiveram início no último final de semana, em Taquaruçu, e serão disponibilizadas juntamente ao e-book de receitas em breve nas redes sociais da chef Ruth Almeida e disponibilizado ao Estado para distribuição nas principais regiões turísticas.

 

Já as palestras acontecerão no mês de março nas cidades de Ponte Alta, Mateiros e São Félix, voltadas especialmente a profissionais do turismo e gastronomia nestes municípios, assim como as lives das oficinas para estudantes universitários de Turismo. As palestras presenciais acontecerão com limitação de público, restrita a no máximo 15 pessoas por palestra e com distanciamento social e obrigatoriedade do uso de máscaras e álcool em gel.

 

Patrocinado pelo Prêmio Aldir Blanc e realizado pela chef Ruth Almeida, o projeto tem ainda o apoio cultural da empresa Jalapão Expedições.

 

Ruth Almeida

Chef de cozinha, palestrante, consultora, pesquisadora da culinária afroindígena, Ruth Almeida tem uma história de superação. Já foi quebradeira de coco, doméstica, cuidadora de crianças, merendeira em escolas públicas e cozinheira em hotéis. Em 2016, participou do reality show “Cozinheiros em Ação”, do Canal GNT, e garantiu a terceira colocação, ao produzir no programa pratos que valorizavam a culinária brasileira e da roça, definido pelo chef francês e apresentador do programa, Olivier Anquier, como uma “cozinha de amor”.

 

Foi aí que Ruth Almeida decidiu abrir o seu próprio restaurante, no ano de 2017 – o Raízes Gastronômicas, que valoriza a cozinha regional, e hoje se tornou empresa na área de consultoria, palestras e oficinas de gastronomia e empreendedorismo.

 

De lá pra cá, foi consagrada com diversos prêmios na área de gastronomia, como o título de Melhor Chef de Cozinha do Tocantins, pelo Prêmio Dolmã 2018, considerado o Oscar da gastronomia brasileira.

--

Crédito das fotos: Thiago Wahlbrink/ Divulgação  


Imprimir